09-jan-2021 Drogas

Que tal trocar açúcar por cocaína?

Al Pacino em frente a um monte de cocaína e whisky

Recentemente, a “queridíssima” Dani Noce, conhecida (antiga) youtuber do segmento da confeitaria e que sempre amou açucar, fez uns comentários bem peculiares sobre o que era, anos atrás, um de seus meios de vida.

Agora, Dani Noce ressurge na internet (para muitos) numa pegada fitness, abominando os doces e falando sobre aquelas merdas de biohacking, empreendedorismo, pitadas de moda e mais algum ingrediente que deixa qualquer brigadeiro doce demais. No seu Instagram, que não vou compartihar aqui para não dar mais IBOPE, ela respondeu seguidores falando sobre sua jornada na luta contra o – suposto – transtorno de compulsão alimentar que lutou durante os últimos anos. Um perfeito cenário para ensinar os seus quase um milhão de seguidores, se tornou trending topics no Twitter, quando a blogueira fitness começou a dar declarações de consistência extremamente duvidosas e equivocadas.

Vermifugo para Pássaros - Portal Matas de Minas
Açúcar ou Cocaína?

Obviamente eu achei ridículas todas as declarações da moça, além de todo o novo cenário em que ela e o marido Paulo Cuenca agora se encontram. Eles já foram no passado “cancelados” na internet por questões trabalhistas. Dani Noce e o seu parceiro foram denunciados por abusos de funcionários, fazerem processos seletivos para pessoas que não iriam receber pagamentos e outras coisas ridículas. Naquela clássica premissa que qualquer pessoa que trabalhe com comunicação/internet já ouviu: “Ai é uma grande oportunidade você trabalhar conosco, isso já basta, pra que salário?”. Pagar conta ninguém paga né? Se você quiser saber mais sobre esse escândalo da NoceCuenca Empreendimentos acesse aquisim, sempre fui fofoqueira né meu amor?.

Mas tá Uno, o que você tá aí contextualizando isso tudo? Então more, aqui neste texto, vou explicar mais profundamente todas as referências do vídeo que eu fiz lá no Instagram explicando porque a ex-doceira falou merda.

Enzimas de Restrição
Eu amo usar imagens bem nada ver s2

“Restrição = Compulsão”

Bom, começando por uma das bobagens mais equivocadas do seus stories, eu vim informar para você querido – e único bem provavelmente – leitor que não é bem assim.

Começando por um estudo intitulado popularmente por Minnesota Starvation Study, o conceito de que práticas restritivas são as ideais para diminuir vícios ou compulsões não podia estar mais ultrapassado. O estudo feito em meados de 1944 – ele é bizarro pois fez a galera passar uma fome cabulosa – e descrito detalhadamente no artigo The Psychology of Hunger (que eu usei como referência), captou inicialmente uma população de cerca de 36 soldados se disponibilizaram para participar do ensaio que avaliou os efeitos da fome e restrição alimentar.

O contexto era de segunda guerra mundial, então por isso que os cientistas queriam entender os efeitos da restrição alimentar que era fenômeno bastante recorrente no período. Os soldados ficaram durante 3 meses sendo avaliados com suas dietas habituais que foram posteriormente diminuídas pela metade durante um período de 6 meses.

bodymatters.com.au/wp-content/uploads/2016/08/9...
Foto dos macho

Como resultado, vários dos soldados desenvolveram uma peculiar compulsão alimentar (toma Dani Noce) após o estudo, além de ficarem obcecados com comida de uma forma que vários deles se tornaram chef’s de cozinha ou tomaram a cozinha como sério hobbie. Além disso, foi observado que iniciaram comportamentos depressivos, tiveram vários momentos de intensa ansiedade, associada com culpa de estarem naquela posição. Corroborando assim e escancarando o equívoco da queridíssima Noce lá em 1944.

Inside a Bizarre Starvation Study From the 1940s -- Science of Us
Cenas de Jogos Mortais

Ai mas muito antigo este estudo Uno, não acha? Então, indo para estudos mais contemporâneos, temos estudos de 1993, 1996, 2000, 2001 e 2009 que em suma relatam o mesmo. O último em específico, foi um estudo com 50 mil homens e mulheres – antes que me encham o saco dizendo que 36 pessoas é uma amostragem muito pequena – em que avaliaram a relação entre o módulo de dieta adotado pela pessoa (se restritiva ou se não-restritiva) e as relações com massa corpórea, inibição de mecanismos de fome e saciedade e outras variáveis – não preciso dizer que o estudo basicamente escancara que pessoas com dieta restritiva engordam e tem uma relação menos saudável com alimentação né?

Açúcar é igual Cocaína

Adolescentes americanos preocupam pais com 'brincadeira' de cheirar  pastilhas de açucar em pó como se fosse cocaína - Mundo - Extra Online
Vídeo de um bando de adolescente cheirando açúcar – é sério

Surtou né? Bom, é uma associação que tem tomado os mais diferentes veículos de notícias sensacionalistas ou não. Tudo por conta de um estudo publicado no Jornal Inglês de Medicina Esportiva. No dito cujo, alguns médicos além de compararem a substância açucarada com o padê, também tiveram o disparate de dizer que o açúcar é uma porta de entrada para as drogas (the new maconha/álcool).

Fico imaginando as crianças querendo começar usar cocaína depois de viciarem no açúcar. “Papai quero ir para uma droga mais pesada!”

Bom, o que tem de errado nesse estudo já que saiu até no Jornal Inglês de Medicina Esportiva? O alicerce. O estudo foi alicerçado em referências que podem gerar várias interpretações. No texto, os autores se pautaram em experimentos com roedores (veganas fechem os olhos) que foram apresentados à escolha de açúcar ou cocaína. Obviamente, além de pelo fato de não terem canudinhos, os ratinhos escolheram o açúcar todas as vezes em que foram confrontados. O óbvio é pelo fato de o doce ser uma substância em que conhecem mais e são mais familiares instintivamente do que a cocaína, que inclusive tem gosto não muito agradável.

“As vezes os ratos do techno de SP curtam cocaína mais do que açúcar né?”

Outra questão discutida é que os ratos tiveram comportamentos abusivos quando lhes foi disponibilizado o açúcar após um período de restrição. Mas aí que está o pulo do gato: os ratos tiveram comportamento compulsivo e abusivo não porque eram viciados no açúcar, mas porque entenderam que em breve seriam restringidos daquilo e assim deveriam comer mais do que o habitual. Indo contra o cenário mais comum de disponibilidade permanente de alimentos.

Tudo isso que estou te contando me foi contado por um psiquiatra de Cambridge que resolveu questionar o estudo em 2016. Ele, a partir de uma revisão de literatura, queria finalmente entender se existiam provas o suficiente de que o açúcar de fato era “viciante”. Você pode ler o artigo dele aqui.

Além disso, vale falar também que aqueles papos que sempre inventam que pornografia, açúcar ou qualquer outra coisa tem os mesmos efeitos cerebrais que drogas é uma OBVIEDADE. O sistema de recompensas no nosso corpo é o mesmo. Então se algo é bom e gera prazer, claramente terá os mesmos efeitos no nosso cérebro. A diferença é que as drogas no caso tem a capacidade de manipular e fuder com o mecanismo de formas muitas vezes irreversível.

Ah, e uma coisa super engraçada aconteceu (risos). A Dani Noce postou um vídeo me refutando com um artigo da Nature que falava do assunto. Mas a fofa não leu o mesmo e deve ter, no desespero, procurado “sugar”, “addiction” no Google e pegado qualquer artigo que visse primeiro. Digo isso, porque o artigo basicamente diz o mesmo que eu disse em todo o texto acima e finaliza dizendo que ainda não temos provas suficientes para falar muito do assunto. Tenta pelo menos ler o artigo que você achar Dani ;*

Bom é isso, se você quiser ver o vídeo ou ver os stories em que a Dani fez, corre lá no meu insta e dá uma olhadinha. Por favor, me ajuda na batalha de fazer os blogs serem legais de novo e comenta (não precisa logar), compartilha e leia aqui sobre drogas.

Que vocês todos se fodam bastante, beijos.

91 thoughts on “Que tal trocar açúcar por cocaína?
  1. Fantastic goods from you, man. I’ve be aware your stuff previous to and you’re just extremely fantastic. I really like what you have acquired right here, certainly like what you’re saying and the way by which you say it. You’re making it enjoyable and you still take care of to keep it sensible. I can’t wait to read far more from you. That is really a tremendous web site.|

  2. Pingback: kronosslot
  3. Pingback: eurocasino giriş
  4. Write more, thats all I have to say. Literally,
    it seems as though you relied on the video to make your point.
    You clearly know what youre talking about, why throw away your intelligence on just posting videos to your blog when you could be giving us something
    informative to read?

  5. Hello, i read your blog occasionally and i own a similar one and i was
    just wondering if you get a lot of spam responses?
    If so how do you stop it, any plugin or anything you can advise?
    I get so much lately it’s driving me crazy so any
    help is very much appreciated.

  6. Pingback: arzbet
  7. Pingback: arzbet
  8. Pingback: makrobet
  9. Pingback: makrobet
  10. Pingback: meritroyalbet
  11. Pingback: madridbet
  12. Pingback: meritroyalbet
  13. Pingback: meritroyalbet
  14. Write more, thats all I have to say. Literally, it seems as though you relied on the video to make your point. You definitely know what youre talking about, why throw away your intelligence on just posting videos to your site when you could be giving us something informative to read?|

  15. The next time I learn a weblog, I hope that it doesnt disappoint me as a lot as this one. I imply, I do know it was my choice to learn, however I truly thought youd have something fascinating to say. All I hear is a bunch of whining about one thing that you possibly can repair when you werent too busy searching for attention.

  16. Nice post. I study one thing more challenging on different blogs everyday. It’ll always be stimulating to read content from different writers and observe a bit something from their store. I抎 favor to make use of some with the content on my blog whether you don抰 mind. Natually I抣l provide you with a hyperlink in your net blog. Thanks for sharing.

  17. Oh my goodness! a tremendous article dude. Thank you Nevertheless I’m experiencing situation with ur rss . Don抰 know why Unable to subscribe to it. Is there anybody getting equivalent rss drawback? Anyone who is aware of kindly respond. Thnkx

  18. I抦 impressed, I have to say. Really hardly ever do I encounter a weblog that抯 each educative and entertaining, and let me inform you, you’ve gotten hit the nail on the head. Your idea is excellent; the difficulty is something that not sufficient persons are talking intelligently about. I am very pleased that I stumbled across this in my search for one thing relating to this.

  19. I found your weblog site on google and examine a couple of of your early posts. Proceed to keep up the very good operate. I simply further up your RSS feed to my MSN Information Reader. In search of forward to studying more from you later on!?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *